• Ricardo Sanfer

O Coaching e o seu diálogo com a Psicologia Positiva

A Psicologia Positiva de Viktor Frankl, Martin Seligman e Carl Rogers chegaram depois do nascimento do Coaching, mas desde então, só têm nutrido essa atividade como uma ciência, e ciência da felicidade.

Muitos fatores influenciaram o mundo contemporâneo: a internet, a queda do muro de Berlim, avanços na medicina, o empoderamento das mulheres, entre tantos outros acontecimentos marcantes.


Muitos estudos na área sobre felicidade e psicologia foram realizados nas últimas décadas.


Até o século XIX, muitas pessoas não sabiam lidar com fenômenos como a depressão e o autismo, e isso foi mudando por causa da dedicação de muitos profissionais e os avanços de estudos científicos.


Diante dessas mudanças, um psicólogo estadunidense, chamado Martin Seligman, decidiu pesquisar mais a fundo a questão da felicidade, foi então que ele criou a psicologia positiva.


Enquanto a psicologia e a psicanálise estavam preocupadas somente com as patologias da mente, a psicologia positiva estudava como o indivíduo poderia fazer a vida valer a pena.


A psicologia positiva é o estudo científico sobre a felicidade. Também é um conceito trabalhado na área de Life Coaching.


Coaching e psicologia positiva


O Coaching como ferramenta metodológica e como processo de alcance de metas, é fundamental para atingir estados positivos e tomar decisões que vão impactar a forma como o indivíduo leva a vida.


Fazer a vida valer a pena já não é mais um conceito abstrato e restrito a poucas pessoas, mas é uma questão de decisão.


Estudiosos da área como Viktor Frankl, Martin Seligman e Carl Rogers apontam que a felicidade está muito atrelada às decisões que as pessoas tomam em suas vidas.


O livro O Jeito Harvard de Ser Feliz, do autor Shaw Achor, mostra muitas questões ligadas à psicologia positiva. Ele fala sobre a importância de viver uma vida não baseada apenas nas expectativas de um sucesso futuro, mas de entender que a felicidade pode ser vivida todo os dias.


Enquanto muitas filosofias afirmam que o sucesso é um lugar, o autor afirma que o sucesso é o caminho que se percorre e não apenas o lugar em que se chega.


Coaching, felicidade e resiliência


A palavra resiliência faz parte do léxico da física, significa a capacidade que alguns materiais têm de voltar ao seu estado original, a palavra tem origem do grego HYGRÓS: aquilo que se dobra.


A resiliência para a psicologia positiva e para o Coaching é a capacidade de uma pessoa passar por diversas situações de pressão e dificuldade e, ainda assim, se manter firme e não se dobrar.


Você poderá se interessar pelo artigo: Compilado explica a ciência da motivação.


O processo de Coaching ajuda os seus clientes a entenderem como é importante a resiliência, e mostra que toda pessoa consegue se reerguer e realizar os seus objetivos.


A mudança de perspectiva diante de algumas situações passa a ser fundamental para se alcançar um novo horizonte.


Um bom exemplo é a famosa história do ex-presidente Nelson Mandela (1918-2013), ele ficou 28 anos na prisão, passou muitas dificuldades, mas ainda assim ele falou: “eu sou o capitão da minha alma”. Ele afirmava que estava no controle da sua vida, independente das situações externas.


Os caminhos do Coaching para a mudança de mentalidade


O Coaching trabalha com técnicas, ferramentas, teorias e teses da ciência, levando a um novo patamar a vida dos seus clientes (coachees), trabalhando a visão e a resiliência.


Um cliente que está desencorajado ou sem visão positiva das coisas, após passar por algumas sessões de coaching, já consegue se beneficiar e tomar novos rumos pessoais e profissionais.


Lembramos que se essa ausência de visão positiva tem conexão com alguma patologia de ordem mental, o coach deve orientar seu coachee a procurar, antes de tudo, um psicólogo.


O profissional de coaching não irá tomar as decisões para o cliente, mas ele atua norteando e fazendo a ponte para a mentalidade positiva, do estado atual do cliente e para suas metas.

5 visualizações

Receba novidades gratuitamente

© 2018 por RicardoSanfer.