• Ricardo Sanfer

Se o sucesso fica no topo de uma escada, a autodisciplina é o primeiro degrau

Atualizado: Mar 17

Se você já parou para pensar no assunto, talvez não se surpreenderia, se eu dissesse que a única coisa que diferencia você de pessoas bem sucedidas — e sucesso defino como autorrealização, tem mais a ver com o que você nunca quis desenvolver do que com sorte ou genética.

A relação não parece ser óbvia para todo mundo. Mas nossa consciência é a maior prova de que a afirmação acima é correta.


Testando sua autodisciplina com perguntas sinceras e respostas honestas


Responda para si mesmo se tem o hábito de adiar a dieta, protelar prazos, usar o botão da soneca pela manhã, divagar pelas redes sociais ou dá qualquer outro sinal de indisciplina crônica ou forte o suficiente para manter você na zona da média.


Evidentemente, todo objetivo demanda alguma troca, que para alguns pode significar, por exemplo, sacrificar algum tempo de sono que a maioria das pessoas acredita ser o necessário — e há pessoas que acreditariam precisar de 12 horas de sono, se não fossem obrigadas a bater ponto.


Autodisciplina começa pelo controle do sono


Como um dos diversos nomes de uma lista de pessoas altamente produtivas, a CEO da PepsiCo, Indra Nooyi, que dorme apenas 5 horas por noite, pode nos inspirar com sua rotina resultante de uma admirável autodisciplina.


E parece que essa é uma virtude da maioria dos ricos, comprovada pela revista Forbes, que afirma que apenas 27% dos nomes de uma lista de pessoas bem-sucedidas dormem de sete a oito horas por noite – a maioria dorme apenas de cinco a seis. A máxima de que o sucesso vem para os que acordam cedo, no entanto, parece se confirmar: 45% deles dizem acordar 5h ou antes.


É importante ressaltar que a capacidade de acordar cedo, ou dormir menos, depende de hábitos igualmente controlados pela disciplina. Toda rotina característica em vidas altamente produtivas, como acordar cedo, exige controle sobre outras atividades relacionadas.


A Autodisciplina condiciona diversas atividades


Sendo primordial, portanto, que alguém que deseja despertar antes do nascer do sol, vá para a cama mais cedo e habitue-se com o que designam por ritual noturno, o qual, embora exija um conjunto de atividades padrão que antecedem e engatilham o sono, é perfeitamente passível de personalização, de modo que se pode combinar a leitura de um livro com um banho relaxante e acrescentar um chá calmante, ou, fazer alguma atividade física moderada para consumir energia a ponto de levar o corpo a procurar repouso e conduzir à cama mais cedo.


Ainda que acordar cedo tenha sido apenas um bom exemplo de controle sobre os nossos impulsos de viver de modo irregular, há outras maneiras de representar a autodisciplina.


Disciplina começa pelo sono, mas não para por aí


Personalidades como David Goggins, pode nos ensinar bastante sobre autocontrole para manter uma rotina de exercícios físicos; e Robert Kyiosaki, o autor do livro de cabeceira dos profissionais de Network MarketingO Negócio do Século XXI”, no qual relata que dormia em seu carro para economizar dinheiro e conseguir investir em seu próprio negócio, é um exemplo de que certas aspirações podem exigir disciplina a um nível que para muitas pessoas, pode ser considerado desnecessário ou tresloucado.


Bem, ninguém pode medir o nível de sanidade de um pessoa que se esforça para obter seus objetivos. Sonhos são propriedades intransferíveis e cabe apenas ao seu dono medir o quanto de esforço deverá colocar para conseguir alcançá-los. E ser bem sucedido significa obter os resultados que deseja.


Mas, seja o seu objetivo apenas ser capaz de sustentar uma família ou juntar 1 milhão de reais nos próximos anos, a sua primeira meta deve ser tornar-se alguém disciplinado, para evitar o prognóstico certo que o escritor e psiquiatra, Augusto Cury, sabiamente alertou na frase: “sonhos sem disciplina produzem pessoas frustradas”.


Continue lendo sobre o tema em: A evolução teórica da força de vontade e sua relação com a autodisciplina.

16 visualizações

Receba novidades gratuitamente

© 2018 por RicardoSanfer.